Pesquisar este blog

Postagem 12: Gosto(s)

quinta-feira, 26 de agosto de 2010 10 comentários
É que nem c*...cada um teu o seu.


Gostos. Todos tem os seus. Podem ser normais ou esquisitos, diferentes. Tem gente que gosta de comer um belo Big Mac na hora do almoço, na hora que bate aquela fome. Tem pessoa que prefere o clássico arroz e feijão. Mas gostos não se limitam a culinária. É muito mais que isso, é muito mais abrangente. Alguns gostam de colecionar quadrinhos, outros gostam de assistir a um jogo de futebol, outros de ficar debaixo das cobertas com a namorada (o) ou apenas ficar de barriga pra cima. E você? Qual é seu gosto?

Postagem 11: Sozinho

quinta-feira, 19 de agosto de 2010 9 comentários
Mesmo no meio da multidão.



Outra dia estava lá. Em torno de amigos. Todos conversando e se divertindo. Mas mesmo assim, me sentia sozinho. Sim, sozinho. Não importa, sempre haverá algum dia, alguma hora em que eu me sentirei sozinho, sem amigos, sem ter com quem conversar. Nessas horas pegarei meus tênis e sairei pelas ruas afora, sem rumo, apenas olhando para o céu. Quem sabe não cai uma companhia do céu.

Postagem 10: Músicas que Grudam

sábado, 14 de agosto de 2010 6 comentários
"Meus olhos coloridos ... merda"


Uma coisa que irrita são essas musiquinhas que grudam, sejam elas ou não chicletes. Isso me deixa muito nervoso, porque quer queira ou não, quando você perceber, vai estar cantarolando a bendita música. E não importa o que você faça, ela não vai sair da tua cabeça. A única maneira de fazer essa porcaria sair da tua cabeça é cantarolar uma pior ainda, ou seja, o problema nunca será sanado. E vem tudo quanto é tipo de música, desde Justin Bieber até Sandra de Sá (sim...a música dela não sai da minha cabeça).

Postagem 9: Indiferença

quinta-feira, 5 de agosto de 2010 6 comentários
...


Tem certas coisas as quais ficamos indiferentes. Depende da pessoas todas tem. Aquele amigo que vem te contar uma coisa super maneira e você fica só "ah...legal", sem dar muita atenção a ele ou ao fato. Isso vem acontecendo com certa freqüência comigo: muitas vezes eu me pego sem prestar atenção a pessoa e no final só mandar um "ah tá". É como se eu estivesse em outro plano: as vezes por vontade própria e outras vezes sem querer. Algumas vezes é justamente por saber o que a pessoa vai falar. Na primeira vez até vai, mas na quadragésima quinta fica complicado.

Postagem 8: Cantar

segunda-feira, 2 de agosto de 2010 12 comentários
Quem canta seus males...


Cantar faz bem pra alma. Nos desestressa, deixa nossos corpos mais leves, nossas almas mais calmas. Todo mundo, no fundo, gosta de cantar, não importa onde seja: cantando baixinho no quarto com as portas fechadas, ruflando na rua enquanto se caminha ou gritando durante o banho. Aliás o banho é um momento mágico: viramos astros, o xampu se torna nosso microfone e liberamos nossa voz enquanto a água cai sobre nossos corpos. Vou ali cantar um pouquinho.
 

© 2010 (500) PostsBlogger Template by dzignine